Mais da metade dos casamentos termina em divórcio.
Me parece um excelente negócio, e eu no lugar deles também não gostaria de ver isso ameaçado.Quando se fala do equilíbrio dentro e fora do trabalho para as mulheres, ninguém está falando de quanto tempo a mulher vai ter, ao final do dia, para trabalhar em sua biografia ou viajar o mundo ou passar tempo com os amigos.Essa não é uma reclamação anti-Dia dos Namorados padrão (Tradução do texto original.Enterrado sob a avalanche de corações e flores está um fato desconfortável: um relacionamento romântico é, e sempre foi, um arranjo econômico.Hoje, não importa o que mais sejamos, nós mulheres ainda aprendemos que fracassamos se não formos amadas por homens."É isso aí, querida; sonhos e objetivos são o jeito de Satã de te distrair de fazer o jantar." Precisamos começar a lembrar que os equivalentes modernos dessas mulheres estão ao nosso mulher procura homem venezuela anúncio redor, e que meninas não precisam ficar aterrorizadas com a possibilidade de se tornarem.Não é aí que a minha história termina.
Se você conhecer um, ótimo.
Dá pra desperdiçar toda uma juventude desse jeito.Nós nem pertencemos um ao outro.Eu já fui essa mulher.É onde a política acontece no campo privado, e, com frequência, dolorosamente.Olhando para trás, no entanto, eu fico feliz de nunca ter estado disposta ou ter sido capaz de estreitar os meus horizontes por um homem.Vida, para os homens, quer dizer mais do que isso.É por isso que protestar por mudanças econômicas, como a instituição de um salário mínimo deveria ser um dos projetos centrais do feminismo.É como essa cultura os treina para se comportar, e, apesar disso tudo, existem alguns caras decentes e progressivos por aí que realmente estão procurando por um relacionamento igualitário com mulheres.


[L_RANDNUM-10-999]